quinta-feira, 22 de maio de 2014

O CASAL DE VELHOS


Eles moravam naquela rua havia mais de trinta anos. Foi a primeira e única residência. Nunca tiveram filhos. Durante alguns anos ajudaram a criar uma sobrinha, a Aninha. Dos sete aos doze. Sofreram muito quando ela foi embora.
     A casa ficava nas Araucárias, no bairro da Vila Velha. Era um dos poucos bairros que ainda conservava apenas casas. No início era classe média, depois tudo ficou meio confuso. A vida mudou demais naqueles trinta anos.
     Na hora da janta,sempre o noticiário.
     Comiam em silêncio.
     Na rua, quem passava ao pé da casa, podia escutar o som da tv.
     Não escutaram o bater na porta. E não houve insistência. Quando viram, já era tarde demais.

     O noticiário apenas disse: Um casal de velhos...
Parado aqui
vejo apenas uma linha, quase sumida,
sobre as casas.

Daqui,
guardo cada passo teu

Guardo cada parte tua
cada lado bom.