terça-feira, 27 de abril de 2010

destino

Nunca errei o caminho, apenas não te conhecia.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

teu corpo

(...) sei que o céu estenderá um azul preguiçoso
e uma risada sem destino será minha (...)
Haroldo Ferreira - Da primavera

não preciso do corpo de qualquer uma, apenas do teu. não quero o teu amor, nem tua piedade: quero o teu sexo,