segunda-feira, 30 de março de 2009

OS LEÕES

Os barulhos no telhado não cessam. Na cama, finjo dormir. Se eles entrarem, levam apenas a ela que está inquieta. Eu já avisei, é preciso se conformar. Ela diz que o mais assustador é o silêncio, não consegue identificar onde estão.
— Sinto vontade de morrer — ela diz, cobrindo-se até a cabeça.
Todas as noites iguais, não suporto mais.
Abro a porta e os deixo entrar.

segunda-feira, 23 de março de 2009

...

As noites me sufocam. Meu peito está retorcido. Estou perdendo cada átomo de meu corpo na necessidade do teu.
Onde a razão do teu desejo, de tuas palavras, de tua cor?
Me sinto perdido entre as estrelas:
deixa eu tocar teu rosto
deixa eu me ajoelhar a teus pés
e contemplar teu ventre dourado
e desnudar tuas coxas pros meus olhos
deixa eu beijar teus tornozelos e tua alma
deixa eu grudar meu ouvido no teu estômago
e abraçar a tua bunda
deixa eu lamber a tua virilha...
e aperta minha boca contra o teu coração
e diz: POR FAVOR ME FODE AGORA POR FAVOR.

domingo, 15 de março de 2009

...

Quanto mais sofro, mais sonho.
Deixa eu me ajoelhar em teus pés e sentir o prazer do mundo dos teus sonhos.